Arquivo da tag: Moradia

“Aí Zago, você não imagina como você está FERRANDO com a minha vida… não imagina o quanto de dinheiro que estou perdendo e posso perder no futuro! Me encontro como agregada em uma república no Butantã porque é extremamente desgastante ir da zona leste até a aula no butantã. E estou como agregada porque tenho contrato em um apartamento na zona leste, se quebrar perco o apartamento e pago multa. Agora, a menina que mora comigo quer sair de lá, e agora Zago, semestre que vem vamos estar na zona leste? Como vou fazer um novo contrato lá? quem vai pagar o transporte das minhas coisas (geladeira, fogão, maquina de lavar, cama, escrivaninha) se eu tiver que sair e depois voltar pra zona leste? Procuro outra pessoa pra dividir comigo ou fecho uma republica no butantã? Ai Zago, você não faz ideia do PREJUIZO que você está me dando por não falar as coisas com antecedencia. Fale ao menos se o plano B do semestre que vem vai ser na Zona Leste. Fica nesse vai num vai, num sei se vai. Os contratos vão pra onde? Olha o DINHEIRO que estou perdendo só por não definir o futuro e o plano B. Puta que o pariu viu. – desabafei total -“

Nádia – Estudante de TM

Anúncios

Estou cansado de não ser ouvido, meus professores estão delirando ! As aulas estão pesadíssimas preciso de tempo para introduzir o conteúdo e assimilar nos exercícios levando em conta que no feriado ao invés de eu estar em uma mesa com a família, na minha cidade estou aqui na casa de um tio [que está agora na minha cidade] estudando para entregar exercícios, acho que esqueceram que eu só estudo na EACH \ UNICID , e que não fiz carreira acadêmica exclusiva Premium.

Estudante de MKT

Minha mãe acabou de me ligar chorando porque ela está vendo que não consigo ir para as aulas na faculdade que tanto lutei para entrar, minha família não pode me sustentar aqui em São Paulo com facilidade, está sendo um sacrifício não para mim aluno do 2º ano mas para toda minha família, aflita com a minha situação aqui minha mãe está me pedindo pra trancar o curso e tentar outra carreira.Não é justo comigo essa situação!!! Mais um dia chorando .

Estudante de GPP

“Ter que acordar às 5 da manha, sair de casa e ficar esperando o ônibus na rua deserta, pegar o metro lotado e ainda ter que ter forças para prestar atenção nas aulas e criatividade para as disciplinas é difícil. Quando planejei minha vida, sai da minha cidade, mudei para São Paulo e fiz contrato com a imobiliária do apartamento foi visando a EACH, morando nas redondezas da universidade, em busca de conforto para poder buscar sempre o máximo do meu potencial acadêmico. Nesse semestre de certo meu rendimento e aproveitamento das aulas vão cair consideravelmente. Porém, uma outra coisa que me preocupa é o fato de fazer parte do LABEX (Laboratório de Extensão), uma ferramenta importante para a formação pessoal, social e acadêmica. Como estão todos separados, cada um em um canto, o plano B, com toda essa separação de cursos, dificultou e muito a conciliação de horários, entre os membros, para as reuniões que trarão o desenvolvimento de projetos.”

Nádia – Estudante TM

“Estou demorando quase 3 horas para me deslocar até o Butantã pela manhã. Além disso, chego tarde no estágio (localizado no Bom Retiro) e portanto acabo saindo bem mais tarde também. Estou procurando apartamento para dividir com uns amigos perto do Butantã está totalmente inviável manter minhas atividades dessa maneira, mas isso tem um custo alto e vai ser difícil pagar.”

Mariana Rigo Torres – Estudante de TM

“Primeiramente eu sou de Curitiba, logo tive que encontrar um lugar para morar ao chegar em são paulo por ter ingressado na USP- Each , com um pensamente mais racional, assegurado por uma informação dada pelo site do campus, encontrei uma republica que se encontra próximo ao each na esperança de que não houvesse problema algum e fosse o local mais propicio para um estudante se situar, mas com as mudanças para a unicid agora tenho q pegar o trem 7h da manhã no sentido do fluxo. Caso se pelo menos as informações tivessem sido mais claras não escolheria aqui para morar. Almoço também foi um problema recorrente nos últimos dias, considerando que para almoçar tenho um gasto de no mínimo três vezes maior do que tinha calculado com o bandejão.”

André Kei Shishido – Estudante de MKT

“Sou do noturno, terceiro semestre e cada dia eu tenho em um lugar diferente no butantã. Minha rotina muda todos os dias e todos os dias eu tenho que encontrar pelo butantã denovo tudo o que eu ja encontrei no dia anterior. Moro em Guarulhos, perto do aeroporto, tenho chego em casa por volta da 1:30 da manha todos os dias, coisa que da each eu demorava apenas 5 minutos até minha casa. Todos os dias, na ida e na volta eu demoro por volta de 2h à 2:30h O butantã é muito grande eu sempre me perco la. estou gastando 5 reais a mais de condução todos os dias.”

Renan Schwind – Estudante de LZT

“Fiz três anos de cursinho para conseguir passar na Fuvest, na esperança de um ensino digno. Mudei-me no início do curso para a zona leste, praticamente sem recursos. Após muitas dificuldades (muitas mesmo) consegui finalmente uma pequena quitinete, da qual caminhava até a EACH todos os dias. Agora estou, na prática, 3h do meu local de aulas, tenho que pegar metrô e ônibus em horário de pico (e o dinheiro para condução dupla todo dia?). Agora minha família mal acredita que meu esforço para passar valeu qualquer coisa de modo que sofro represálias de todos os lados, como se a culpa fosse minha e a formação fosse realmente algo impossível desde o começo. Valeu, direção.”

Paula Oliveira – Estudante de TM

“Sinto saudades da EACH… Saudades de poder acordar as 7h da manha e demorar apenas 5 min pra chegar na faculdade, diferente de hoje que acordo as 4h30, demoro de 1h30 a 2h pra chegar no butantã, tenho que usar o dobro do vale transporte e o dobro da paciência pra enfrentar o caos dos metrôs e trens abarrotados de gente. O percurso necessita de três baldiações, três trocas de linhas, todas cuspindo gente pra fora dos vagões, é tem muitas pessoas que fazem isso todos os dias e não morrem, contudo, quando me instalei próximo a minha faculdade pensei e fugi dessa realidade. Claro, mas porque não ir morar em uma república próxima à cidade universitária? Pelo simples fato de eu ter me instalado, ter comprado um apartamento que me traz despesas mesmo eu não estando lá. Talvez o meu orçamento não esteja tão prejudicado, mas a minha dedicação, empenho e contentamento com a “melhor universidade do país” estão cada vez menores, e minha decepção cada vez maior, com o descaso tratado aos, professores, alunos e funcionários.”

Gabriela Machuca Fonseca – Estudante de TM

“Estou procurando lugar para morar, e estou estudando na faculdade de medicina. Como não sei quanto tempo as aulas serão lá, não posso me comprometer assinando um contrato longo perto da região, pois a EACH pode ser desinterditada. E apesar da estrutura da faculdade de medicina ser ótima, não podemos utilizar o bandejão.”

Rafael Duarte – Estudante de MKT