“A impressão que tenho não é a de que os alunos, funcionários e docentes da EACH estejam desmobilizados. Mas muitos de vocês estão tratando o problema como individual. A Reitoria está cansando vocês. Prédios distantes da EACH, comprometimento do orçamento de muitos estudantes, professores que não conseguem ministrar suas aulas… Este blog era pra estar lotado de depoimentos! E onde estão? Pessoas, a própria Universidade está barrando estudantes no bandejão da Nutrição! E este problema é resolvido facilmente! Simplesmente apresentando a carteira de estudante na catraca e fazendo uma lista assinada de estudantes da EACH. Papel, caneta, computador e Excel. Apenas isso. Funcionários: para o Sintusp já! Estudantes: puxão de orelha do DCE! Docentes: cadê a ADUSP? Quem está ganhando para deixá-los abandonados desta maneira?”

Observador – Funcionário EFS

Estou cansado de não ser ouvido, meus professores estão delirando ! As aulas estão pesadíssimas preciso de tempo para introduzir o conteúdo e assimilar nos exercícios levando em conta que no feriado ao invés de eu estar em uma mesa com a família, na minha cidade estou aqui na casa de um tio [que está agora na minha cidade] estudando para entregar exercícios, acho que esqueceram que eu só estudo na EACH \ UNICID , e que não fiz carreira acadêmica exclusiva Premium.

Estudante de MKT

Moro em Jacareí e para chegar à EACH, utilizava ônibus de linha comum para Mogi das Cruzes, com valor popular e de lá, pegava trem, tudo com VT estudante. Agora, para chegar à UNICID, preciso pegar outra empresa de ônibus, que vai para o terminar Tietê, que custa 3x mais que as outras viações que utilizava (agora, cada passagem gira entre R$ 18,00 a 21,00, dependendo do horário). Isso, se eu quiser chegar e sair no horário normal de aula, porque, se eu quiser continuar pagando o mesmo valor nos transportes que eu utilizo, preciso perder 1h30 de aula ao sair (minha aula termina 18h, ou seja, tenho q sair 16h30), para não perder a integração no Tatuapé, para transferir para a linha 11, para chegar à Mogi das Cruzes (estação estudantes), para de lá, voltar para Jacareí, no horário de sempre. Optando em estar sempre cumprindo horário, pago muito mais caro; e aí que o Aux. Transporte fornecido pela facul não dá nem pra metade do mês (pois tenho q pegar dois ônibus dentro da minha cidade pra chegar na rodoviária e depois pra voltar pro bairro, ou seja, aumentaram 4 viagens pra pagar, de 3,00 cada). Nesse caso, me vi obrigada a trancar uma matéria importante do meu curso, que me abriria o estágio no próximo semestre! Perderei um ano de estágio, perderei matérias importantes, perderei mais tempo no trânsito, já tive que comer qualquer coisa pela rua, por não ter dado tempo de bandejar (aqui ainda entra a questão que, sendo eu bolsista, só poderia comer no Butantã… e daria tempo?? Claro que não) … só saí perdendo com esse plano B. Sem contar que xerox ou impressão está totalmente fora de mão e caro. Quem vai me ressarcir do prejuízo que terei com as matérias atrasadas???? É um prejuízo que não tem como voltar pra gente… só atrasado msm!

Arlene – Estudante de OBS

“As experiências que estou tendo nas aulas matutinas de Gestão Ambiental na UNICID são negativas porque: 1) alugo uma república próxima à EACH com outras pessoas e alugamos lá perto porque não pagávamos condução e hoje nos vemos obrigados a pagar para se deslocar para a sala de aula; 2) a existência do bandejão na FATEC Tatuapé é extremamente ruim, já que a distância a ser percorrida é imensa em relação à UNICID, fato que contribui para que eu vá para o trabalho diretamente e almoçando marmita que eu mesmo faço (coisa que se estivéssemos na EACH, nem preocupação em cozinhar depois de um dia de aula e estágio eu teria); 3) minha namorada e companheira de república faz Lazer e Turismo e sai do Butantã e chega em casa só a meia noite o que é perigoso para qualquer um estar andando pela rua a essa hora da noite.“

Estudante de GA

Nesta semana, que supostamente seria um feriadão, temos professores que darão aulas. Um deles se recusou a acatar a essa saída para termos aulas o suficiente neste “semestre”. Sou completamente a favor a isso, de não sermos obrigados. Sinto que fomos completamente jogados a essa situação, e que, infelizmente, muitos já se acomodaram ou acataram a todo esse problema.

Gabriela Canindé – Estudante de GA

Gostaria muito que nossa direção e reitoria fosse claros em todas ações para sanar a EACH, mas o que definitivamente agora me cansa o coração é ouvir também de colega, impressão que tenho de que as aulas estão esvaziando-se, os alunos estão desistindo dos cursos !!! Direção cade o numero dos alunos que estão se evadindo a universidade ?Precisamos da EACH inteira e não pela metade…

Docente de GPP

Hoje estava saindo pela catraca da UNICID e estava com uma amiga e um amigo. Eles passaram, e eu fiquei travada na catraca. Aí fui tentando passar o cartão da UNICID de várias maneiras para ver se me liberava, enquanto conversava e fazia piadas da situação com meus amigos que me esperavam. Uma funcionária veio me “ajudar” mas pegou a minha conversa com meus amigos no meio do caminho e começou a dizer que eu não podia fazer aquilo (o que estava falando com minha amiga) e me dar bronca! Fiquei de cara…”

Estudante de OBS

Saio 1 hora mais cedo do trabalho (na zona leste) para chegar no horário no Buntantã. Às terças-feiras não terei como cursar Administração pois o mais rápido que consigo chegar na segunda aula é 1 hora atrasado e sem intervalo (tenho que sair da veterinária para chegar na enfermagem). Não consigo chegar a tempo de bandejar pois não posso sair ainda mais cedo do trabalho. Também estou com dificuldade de conseguir os livros das minhas disciplinas pois as unidades com livros de computação ficam afastadas e não há muitos volumes disponíveis. Nenhum professor pediu textos impressos até o momento. Não posso ficar trancando matérias para cursar mais tarde ou serei jubilado. Também fico inseguro quanto à concorrência nos próximos semestres devido ao alto número de alunos trancando (afinal, eles voltarão às aulas algum dia). Corro o risco de não me formar por causa deste desastre…

Renato Zippert – Estudante de SI

Convidei um professor de outra instituição para fazer uma fala no meu seminário: não havia datashow. Não só comprometeu a apresentação do meu grupo bem como a do convidado.

Philippe Gama – Estudante de GPP

Caros estudantes da EACH, tenho observado a batalha de muitos em se manterem nos cursos, com custos financeiros, psicológicos, educativos e morais. Acredito de boa fé que o necessário seja retomar o aprendizado, mas a tarefa me parece quase impossível. Independente de ser nova gestão, a responsabilidade é da antiga e da nova diretoria da EACH, assim como da Reitoria. A USP não deve garantir apenas os espaços educativos. A Universidade de São Paulo é grande e possui equipamentos ociosos em alguns turnos, o que pode ser uma excelente alternativa. Porém, e isso é preciso que se torne pauta, que a infraestrutura básica dos estudantes seja fornecida, enquanto a solução não for dada ao prédio da EACH. Vocês organizaram a própria vida em torno da EACH e, por irresponsabilidade da Reitoria e da diretoria da EACH, vocês estão pagando por algo que vcs não tem nada a ver. É preciso que a USP banque (como será, é problema dela!) moradia, alimentação e transporte a todos aqueles que estiverem em condições difíceis pela irresponsabilidade destes diretores e da reitoria que, de forma meritocrática, tem o mérito de cometerem o ato mais insano que uma suposta Universidade de reconhecimento internacional poderia ter. Ação na Justiça, se for necessário.

Observador – Funcionário