Arquivo da categoria: Funcionari@s

“A impressão que tenho não é a de que os alunos, funcionários e docentes da EACH estejam desmobilizados. Mas muitos de vocês estão tratando o problema como individual. A Reitoria está cansando vocês. Prédios distantes da EACH, comprometimento do orçamento de muitos estudantes, professores que não conseguem ministrar suas aulas… Este blog era pra estar lotado de depoimentos! E onde estão? Pessoas, a própria Universidade está barrando estudantes no bandejão da Nutrição! E este problema é resolvido facilmente! Simplesmente apresentando a carteira de estudante na catraca e fazendo uma lista assinada de estudantes da EACH. Papel, caneta, computador e Excel. Apenas isso. Funcionários: para o Sintusp já! Estudantes: puxão de orelha do DCE! Docentes: cadê a ADUSP? Quem está ganhando para deixá-los abandonados desta maneira?”

Observador – Funcionário EFS

Caros estudantes da EACH, tenho observado a batalha de muitos em se manterem nos cursos, com custos financeiros, psicológicos, educativos e morais. Acredito de boa fé que o necessário seja retomar o aprendizado, mas a tarefa me parece quase impossível. Independente de ser nova gestão, a responsabilidade é da antiga e da nova diretoria da EACH, assim como da Reitoria. A USP não deve garantir apenas os espaços educativos. A Universidade de São Paulo é grande e possui equipamentos ociosos em alguns turnos, o que pode ser uma excelente alternativa. Porém, e isso é preciso que se torne pauta, que a infraestrutura básica dos estudantes seja fornecida, enquanto a solução não for dada ao prédio da EACH. Vocês organizaram a própria vida em torno da EACH e, por irresponsabilidade da Reitoria e da diretoria da EACH, vocês estão pagando por algo que vcs não tem nada a ver. É preciso que a USP banque (como será, é problema dela!) moradia, alimentação e transporte a todos aqueles que estiverem em condições difíceis pela irresponsabilidade destes diretores e da reitoria que, de forma meritocrática, tem o mérito de cometerem o ato mais insano que uma suposta Universidade de reconhecimento internacional poderia ter. Ação na Justiça, se for necessário.

Observador – Funcionário

“Estamos eu e mais um técnico trabalhando nas aulas do noturnas de GA nos prédios das químicas blocos 18 e 19. São 3 ou 4 salas de aula grandes com mais ou menos 150 alunos. Por hora as coisas se acertaram e tudo esta correndo bem. Temos feito o possível para garantir uma boa infraestrutura. Na segunda estava meio corrido com muita gente se encontrando, mas digamos que agora a poeira começou a baixar por lá.”

Ricardo – Funcionário