Caros estudantes da EACH, tenho observado a batalha de muitos em se manterem nos cursos, com custos financeiros, psicológicos, educativos e morais. Acredito de boa fé que o necessário seja retomar o aprendizado, mas a tarefa me parece quase impossível. Independente de ser nova gestão, a responsabilidade é da antiga e da nova diretoria da EACH, assim como da Reitoria. A USP não deve garantir apenas os espaços educativos. A Universidade de São Paulo é grande e possui equipamentos ociosos em alguns turnos, o que pode ser uma excelente alternativa. Porém, e isso é preciso que se torne pauta, que a infraestrutura básica dos estudantes seja fornecida, enquanto a solução não for dada ao prédio da EACH. Vocês organizaram a própria vida em torno da EACH e, por irresponsabilidade da Reitoria e da diretoria da EACH, vocês estão pagando por algo que vcs não tem nada a ver. É preciso que a USP banque (como será, é problema dela!) moradia, alimentação e transporte a todos aqueles que estiverem em condições difíceis pela irresponsabilidade destes diretores e da reitoria que, de forma meritocrática, tem o mérito de cometerem o ato mais insano que uma suposta Universidade de reconhecimento internacional poderia ter. Ação na Justiça, se for necessário.

Observador – Funcionário

Anúncios