“É, a falta de condições nas aulas, a saída do câmpus e o sentimento de abandono em relação a EACH me faz pensar tanto em várias coisas. Não só na raiva por ter que se pressionar para adentrar num molde que retroalimenta o sistema da razão do dinheiro e onde não vejo esperanças de sentimentos humanos. É como se tudo isso fosse plastificado e difícil de sentir no tato. Como também nas injustiças que vão acontecendo, as vezes me questiono se é privilégio mesmo estar na ~melhor~ Universidade da América Latina. Não precisei de muito para constatar que esse fato de não se sentir encaixado acontece bastante na vida, é quase diariamente, e o mundo é implacável o bastante para reafirmar isso a cada dia. Afinal, quem é ilimitado sobre o peso do encaixe no esteriótipo? Sentir que você deveria vestir um jeans 42 e cada vez que o tempo passa, as circunstâncias tentam forçar você entrar em um 36. Por que? É difícil entender que todo mundo luta para ser o que quer, e que ninguém quer mudar a não ser por si? Essa expulsão de um espaço, que eu considero como casa, é totalmente estranha, mas só reafirma essa plasticidade que o mundo é. Por que eu tenho que mudar por que alguém quer? Por que sair de um ambiente em que eu lutei para entrar, sendo que talvez nem fosse aquilo minha característica, mas que entrei? Enfim, mas esse sofrimento de usar o 36 e de ele ser rasgado sem sua vontade só demonstra a falta de sensibilidade da razão, o descaso com o seu conforto, além da demonstração de forças afinal seu “mérito” é sempre atender a mandos e desmandos das tendências autoritárias para seu ~próprio bem~. No fim, eu consigo dar mais valor ao bandeijão, ao data show, ao laboratório, talvez ao professor que eu considere um porre e nem preste atenção. Por que a ida para outros espaços que não são a nossa casa são periodos dolorosos e adversos, fato é que nunca vamos nos sentir completos fora, mas pelo menos a podemos tirar de lição a gratidão para dar mais significado as coisas que temos. É, que saudade da EACH. ‪#‎prayforEACH‬ ‪#‎prayfortheWorld‬”

Danilo Nunes Davanso – Estudante de SI

Anúncios